ConteúdoSeminário

Não fique no seu próprio caminho

É natural do ser humano querer culpar o mundo ao seu redor pelas coisas que não tomam o rumo desejado em suas vidas. Seja o chefe por não dar a promoção merecida, o professor por fazer uma correção injusta ou até mesmo amigos e familiares por não darem a atenção necessária. Todos são culpados nessa história exceto ele. Se você se encaixa nesse perfil e acredita fielmente que o mundo está contra você, então você provavelmente está sabotando seu futuro e contribuindo para que  a sua mente seja sua inimiga.

Segundo o psiquiatra Mark Goulston, a auto-sabotagem é uma conduta que está mais próxima da nossa natureza reflexiva e irracional do que da nossa natureza humana e racional. Sendo assim o indivíduo fica fadado a comportamentos instintivos que se tornam hábitos prontos para te levar no caminho do fracasso. Essas condutas são uma perda de tempo e um desperdício de potencial, levando o indivíduo a estagnar na vida e na carreira.

Parece contraditório pensar que o próprio homem coloque pedras no seu caminho e puxe o tapete debaixo dos próprios pés, afinal o mundo ja é complicado o suficiente sem você tornando-o mais difícil. São formas de pensar distorcidas de encarar a realidade, falhas que a mente humana tende a cometer na hora de fazer uma auto avaliação.

Em seu seminário, o membro Morgana Gabrielle Forlin Dumke irá fornecer ferramentas para que você possa identificar atitudes de auto sabotagem e alguns caminhos para contornar essas falhas da mente humana.