Descrição

O laser de alta potência de IPG de fibra de 10kW do Laboratório de Mecânica de Precisão, localizado no Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC, possui diversas aplicações tanto no tratamento térmico de metais e enobrecimento de metais, quanto em soldas de alta precisão, corte de peças etc. Entre uma dessas aplicações, encontra-se o Cladding, cujo processo é o de revestimento de peças de metal por meio de deposição de pó de outros metais a altas temperaturas, neste caso, via laser IPG. O manuseio do laser de alta potência é realizado dentro de uma sala de controle, isolada por portas e janelas de aço e paredes preenchidas por areia seca, segurança necessária devido à periculosidade do laser cuja luz pode cegar até 2 km de distância.

Devido aos procedimentos de segurança e ao fato de, atualmente, o Alimentador de Pó usado para realizar o processo de Cladding do laboratório só poder ser usado manualmente, é necessário realizar o acionamento automático da máquina dentro da sala de controle para a utilização do mesmo.altas temperaturas, neste caso, via laser IPG. O manuseio do laser de alta potência é realizado dentro de uma sala de controle, isolada por portas e janelas de aço e paredes preenchidas por areia seca, segurança necessária devido à periculosidade do laser cuja luz pode cegar até 2 km de distância.

Dessa forma,  o objetivo deste projeto foi em desenvolver através de uma plataforma micro controlada o acionamento automático de um Alimentador de Pó para aplicação de Laser Cladding, o qual é empregado através do Laser de Fibra-IPG de 10kW, do Laboratório de Mecânica e Precisão (LMP).

Membro
  • Guilherme Laércio da Silva
Orientação
  • Prof. Dr.-Ing. Walter Lindolfo Weingaertner
Informações
  • 02/2016 – 07/2016
  • Progresso

    100%

Descrição

Durante o projeto foram levantadas as modificações no painel elétrico do Powder Feeder que eram necessárias para implementar o controle automático através de um Arduino Nano, com isso, além da confecção de uma placa de circuito impresso, PCB, com a função de intermediar os sinais da máquina com o Arduino e vice-versa, um Cover Sheet foi desenvolvido com a finalidade de descrever todas as adaptações e guiar toda a lógica elétrica e de intertravamento para a implementação de fato de toda a teoria desenvolvida.

Após vários testes, o Controle Automático do Powder Feeder foi validado com a presença do Prof. Dr.-Ing. Walter Lindolfo Weingaertner e do Doutorando Claudio Abílio da Silveira, máquina a qual ao longo do ano de 2016 se encontrava no LabSolda para benchmarking e testes. Atualmente, todo o sistema de Powder Feeder está em funcionamento no LMP.