Descrição

Nos próximos anos, normas internacionais mais rigorosas sobre a emissão de ruídos de aeronaves e do ruído aeroportuário passarão a vigorar, visando amenizar o impacto negativo que as regiões próximas a aeroportos e em rotas de aproximação de aeronaves sofrem em razão dos altos níveis de emissão de ruídos pelas turbinas. Nesse sentido, é de extrema importância o desenvolvimento de estudos para reduzir a emissão de ruídos. Eles acarretam grandes incômodos à tripulação e às comunidades assentadas nos arredores dos aeroportos, sendo necessário o uso de materiais específicos na estrutura da turbina para a atenuação de tais ruídos.

Laboratório de Vibrações e Acústica da UFSC, em parceria com a Embraer – Empresa Brasileira de Aeronáutica, está desenvolvendo uma bancada modular “RIG de Liner” para estudar o comportamento de materiais localmente reativos (liners) no inlet de turbinas turbofan, com vistas a determinar a impedância acústica do material em condições de fluxo de massa com incidência rasante, que simulam as condições reais do funcionamento das turbinas.

Gabriel Perotto – membro do PET-MA que está trabalhando nesse projeto juntamente com o bolsista do LVA, Zargos Neves Masson, sob orientação do professor Dr. Júlio Apolinário Cordioli e do mestrando Pablo Giordani Serrano –, será responsável pela implementação do controle, aquisição e processamento de sinais da bancada de testes.

Membro
  • Gabriel Carioni de Castro Perotto.
Orientação
  • Professor Dr. Júlio Apolinário Cordioli
Informações
  • 04/2013 – 01/2014
  • Progresso

    100%

Andamento do Projeto

Os membros do projeto já finalizaram as etapas de estudo inicial necessária para o projeto, na qual buscou-se compreender melhor o funcionamento de suspensões e foi feita a analise de diversas patentes de dispositivos, sondas e PIGS de inspeção de dutos. Feito isso os integrantes passaram para a parte mais criativa do projeto, utilizando-se de métodos propícios para isso, foram desenvolvidos diversos princípios de solução que pudessem realizar as funções esperadas do projeto. A partir disso foram geradas uma série de concepções capazes de atender aos requisitos do projeto. Na etapa atual do projeto, os membros estão realizando a análise dessas diferentes concepções, utilizando a ferramenta de análise de movimento do software SolidWorks, com o objetivo de escolher a solução de projeto que melhor atende as necessidades existentes. Terminada essa etapa será realizado o detalhamento da solução escolhida, para que essa possa ser então propriamente fabricada.