Escrito por Matheus Vieira Domingues

O diferencial da sua empresa pode estar a um estudante de você.


Cálculos, exigência e sonhos são fatores presentes na vida dos estudantes de engenharia das melhores universidades do país. São 5 anos de um ambiente de pressão que, muitas vezes, gera um resultado curioso: A variedade de opções que os egressos dessas escolas costumam ter no mercado de trabalho.

Empresas de consultoriainstituições financeiras e até mesmo o mercado educacional travam uma disputa forte com a área técnica pelos bons profissionais formados em engenharia. Mas o que leva uma empresa a procurar com tanto afinco um nicho específico de graduados que, muitas vezes, tiveram matérias com foco totalmente diferente do seu?

Alguns fatores são comuns ao perfil do estudante de engenharia atual:

Disposição para solucionar problemas

A engenharia é, em essência, a arte de solucionar problemas. E isso é aproveitado tanto nas partes técnicas quanto em setores alheios, como as consultorias, por exemplo. Mas o que, de fato, faz com que os egressos das melhores escolas de engenharia do país tenham um leque tão vasto de oportunidades?

O fato de o estudante passar 5 anos resolvendo problemas e elaborando projetos, o agrega não só a capacidade de encontrar a solução, mas também a disposição para enfrentar novos desafios. Isso é um diferencial em qualquer área do mercado de trabalho. De fato, um levantamento feito em 2014 pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), indica que cerca 58% dos formados em engenharia não atuam em sua área de origem.

Autodidatismo

Seja para estudar para as provas ou para se capacitar em conteúdos muitas vezes não oferecidos pela faculdade, é comum que os alunos de engenharia desenvolvam a capacidade de aprender por conta própria, de maneira rápida. Cálculos, projetos e pesquisas inovadoras exigem que os estudantes tenham coragem, disposição e resiliência para encarar, por conta própria, novos problemas.

Em tempos de Indústria 4.0, o que não faltam são novas tecnologias para serem dominadas. E, com isso, cada vez mais, os estudantes são levados a aprender sozinhos.

Boa capacidade analítica

Aqui entra toda a experiência quantitativa presente na formação dos engenheiros. Tantos cálculos, aliados à complexidade de muitas disciplinas, acabam por conferir aos estudantes uma certa facilidade em lidar com dados e traçar estratégias. Além das aplicações clássicas na engenharia, a capacidade analítica é amplamente procurada por consultorias e por bancos, que por vezes, priorizam raciocínio lógico a conhecimento técnico.

Um profissional com boa capacidade analítica, além de lidar bem com números, tem facilidade de dividir problemas em partes menores, para uma análise mais rápida e confiável. Exercitar a capacidade analítica ajuda os estudantes a enxergarem situações por vários ângulos, encontrando soluções inusitadas ou modelos simplificados dos problemas.

Liderança

A liderança é uma das características mais marcantes e mais procuradas nos melhores estudantes de engenharia. Por algum motivo, o ambiente das escolas de engenharia desenvolve nos alunos as habilidades de formar times, extrair o melhor trabalho de cada membro e saber priorizar objetivos mais relevantes, guiando o grupo para resultados melhores.

O tipo de liderança frequentemente observado em egressos das escolas de engenharia é a Liderança Transformacional, que caracteriza um líder que colabora com seu time para buscar as mudanças necessárias na solução de problemas. O líder sabe transmitir a missão do time, e consegue entender e lidar com as particularidades de cada membro. Isso faz toda a diferença nos trabalhos feitos em grupo.

Seja qual for a área de atuação profissional, as 4 características citadas podem fazer a diferença em qualquer ambiente empresarial. Um profissional que está disposto a resolver problemas,  que tem a capacidade de aprender sozinho, que lida bem com modelos quantitativos e que pode mudar o destino de um time por meio da liderança, é bem vindo em várias áreas. No PET-MA, essas e várias outras habilidades são constantemente incentivadas e treinadas, através da realização de projetos técnicos de excelência.

Gostou? Quer saber mais? Curta a nossa página aqui e acompanhe nossas notícias!