A luz é um elemento tão natural em nosso cotidiano que, durante muitos anos, o ser humano não deu a devida atenção à sua natureza. Além de nos possibilitar a visão, a luz mostrou-se capaz de expandir o entendimento do homem sobre questões inéditas, sendo o principal instrumento de fronteira entre a Física Clássica e a Física Moderna.

A discussão sobre a natureza luminosa envolveu grandes personagens da história da ciência, como Huygens, Newton, Planck e Einstein, por exemplo. Essa sucessão de certezas e dúvidas possibilitou grandes avanços na compreensão de grandezas fundamentais, como espaço e tempo, e uma percepção extremamente delicada da quantização da energia.

Em seu terceiro seminário como membro do PET-MA, Matheus Domingues vai abordar as questões que levaram à evolução da compreensão humana sobre a luz, comentando também alguns aspectos da Teoria da Relatividade Especial e da Física Quântica.