Escrito por Pedro Miola

A dinâmica de grupo é uma etapa de muitos processos seletivos que propõe diferentes atividades com objetivo de avaliar o engajamento e colaboração das pessoas para alcançar um determinado objetivo. Muitos candidatos acham que devem se preparar apenas para as entrevistas, deixando de lado a preparação para dinâmica. Com isso acabam sendo eliminados nessa fase por falta de conhecimento do processo. Nesse post daremos algumas informações necessárias para ser competitivo nessa etapa.

Não use “máscaras”

Muitas pessoas acham que em uma dinâmica devem assumir um papel pré definido e que assim alcançarão a aprovação. Isso é um dos erros mais cometidos nessas situações. O processo seletivo é composto por várias fases, fazendo com que o grupo avalie você em diferentes situações. Com isso, quem está tentando ser outra pessoa na dinâmica se sabota, uma vez que os avaliadores facilmente a identificam. O melhor a se fazer é ser você mesmo.

Seja bastante participativo, mas com consciência

Em um processo seletivo você deve mostrar quem você é e porque deve ocupar essa vaga. Por isso, na dinâmica, não fique calado, sem dar opiniões ou sugestões. Fale, opine, concorde, discorde, mostre seu potencial. Somente assim os avaliadores conseguirão extrair suas características.

Por outro lado, o bom senso sempre deve estar presente. Alguns candidatos tentam ser extremamente participativos, propondo qualquer solução a todo momento mas esquecendo de incluir os companheiros de equipe. Por isso, tenha em mente que, além de opinar, o candidato deve saber ouvir e valorizar as outras idéias propostas pela equipe, expressando suas ideias quando conveniente.

Outra característica que é interessante no mercado de trabalho mas que deve ser demonstrada com cautela é a competitividade. Algumas pessoas mantém o foco somente no resultado da atividade, passando por cima de todos seus colegas, o que não é bem visto pelos avaliadores. Você deve mostrar que quer ir longe e que pretende ter a melhor solução mas cuidado para não ser alguém agressivo e arrogante.

Conheça o grupo

Conhecer a empresa ou entidade na qual se quer ingressar é necessário em todas as etapas do processo seletivo. Saber os valores, missão e visão da empresa, além de sua cultura organizacional é importante para entender o que será avaliado, ou seja, qual é o perfil de um funcionário daquela empresa e se isso se encaixa com você. Por exemplo: para uma empresa com a estrutura mais engessada não será tão interessante contratar alguém que queira inovação; para algumas outras, esse perfil inovador é essencial para o ingresso no time. A partir do momento que você tem essa informação, você sabe o que deve ser demonstrado ao avaliador, propondo soluções e questionamentos que fazem sentido para a empresa. Entretanto cuidado pois alguns cases propostos nas dinâmicas abordam situações que não se encaixam com o grupo. Então avalie: se for pertinente utilizar ideias alinhadas com a entidade na solução do problema utilize, se não busque soluções que façam sentido para o problema.

Além disso, algumas dinâmicas envolvem diretamente o conhecimento da empresa através de perguntas e apresentações orais. O candidato que não possui essas informações nesse momento é visto pelos avaliadores como desinteressado, sendo muito difícil reverter essa situação posteriormente.

Autoconhecimento

Na dinâmica, o avaliador busca entender como trabalhamos em equipe, tentando extrair o máximo de informação na realização das atividades. Com isso, o candidato que se autoconhece pode facilmente visualizar seus pontos fortes e fracos, dando mais ou menos ênfase para suas características no momento da tarefa. Por exemplo: se você está numa dinâmica que pede que cada grupo de candidatos resolva um case e você sabe que é um bom líder mas uma pessoa desorganizada, é mais interessante que você coordene e guie o grupo para encontrar uma solução e não necessariamente cuide das anotações. Deixe que suas forças se destaquem mais do que suas fraquezas.

Não se sabote

Alguns pontos negativos que parecem simples requerem atenção. Por isso, sempre evite:

  • Chegar atrasado: Quem chega atrasado não passa uma boa primeira impressão. Por isso, conheça o local, visitando-o anteriormente. No dia, saia com antecedência pois imprevistos, como trânsito num dia chuvoso, podem acontecer, fazendo você perder sua vaga.
  • Perder a postura: Muitos candidatos ficam confortáveis demais nas atividades e acabam por realizar conversas paralelas, fazer piadas e isso é extramemente desagradável. Lembre-se: sempre tenha um perfil profissional.
  • Ficar excessivamente nervoso: O avaliador sabe que é normal ficar nervoso nas dinâmicas mas deve-se ter cuidado: não deixe que você se torne outra pessoa por causa dele. Para isso treine e se prepare para atividades sob pressão como apresentações e resoluções de case.

Dinâmicas comuns

Geralmente as dinâmicas tem duração de 2 ou 3 horas e por isso são compostas por algumas atividades. Estão aqui alguns exemplos de dinâmicas que podem ser aplicadas:

  • Quebra-gelo: Atividades aplicadas no início da dinâmica com o objetivo de relaxar os participantes. Geralmente possui algum tipo de apresentação oral para o grupo se conhecer e alguma outra atividade como falar sobre uma qualidade e um defeito pessoal, dividir os participantes em duplas para conversarem sobre um assunto, etc.
  • Prova ou redação: Podem ser aplicadas para avaliar raciocínio e escrita do candidato. A escrita deve ser realizada com muito cuidado para não possuir erros ortográficos.
  • Vendas: Outra dinâmica bastante utilizada é a venda de produto. Os avaliadores distribuem determinados produtos para cada pessoa ou grupo e esses terão um tempo estipulado para fazer uma propaganda do mesmo. Principais habilidades avaliadas são trabalho em equipe, desenvoltura, criatividade.
  • Resolução de case: Cada grupo de candidatos recebe um problema de alguma empresa ou entidade hipotética e se reúne para elaborar uma solução baseada na decisão do grupo. O grupo posteriormente apresenta e defende sua solução para os avaliadores. Aqui avalia-se liderança, trabalho em equipe, pensamento estratégico, entre outros.

Agora ponha essas dicas em prática: estude, treine, se prepare e faça com que a dinâmica de grupo seja sua melhor amiga em um processo seletivo.